Hoje é dia de?, Sentimentos, Vida real

Dia dos Pais

Oi galera!

Hoje se comemora o dia dos pais.

Na verdade pra mim, dia dos pais, das mães,  dos avós,  etc…é todo dia né?

Mas já que escolheram uma data específica para homenagear os pais, então vamos homenageá-los.

FB_IMG_1534102471143Bom, não dá pra começar essa homenagem, sem falar primeiramente do meu pai. Vou falar um pouco desse galã aí da foto.

Ele partiu a alguns anos, para o andar de cima, depois de lutar bravamente contra um câncer. Essa foi a perda mais irreparável da minha vida.

É claro que na maioria das vezes, os pais são especiais para seus filhos, mas se eu tivesse que medir o tamanho do amor que eu senti por meu pai, não haveria escala no mundo que coubesse.

Meu pai, antes de ser meu pai, foi meu melhor amigo, meu cúmplice, meu confidente, meu parceiro de filmes, cinema e livros (coisas que amávamos fazer juntos).

Ele foi motivo de muitas das minhas inesquecíveis gargalhadas,  porque ele era extremamente divertido, atrasado ( não herdei dele minha pontualidade britânica), engraçado, desastrado e extraordinariamente bem humorado.

Nós temos muitas coisas em comum. O gosto por música clássica, uma adoração por todo tipo de leitura (até bula de remédios ele lia toda…hehehe e eu também), paixão por cinema (ele dizia que a tela do cinema transportava a gente para dentro da estória), temos o mesmo senso de justiça, ambos realistas, mas mesmo assim, sempre quebrando a cara, porque sempre esperamos o melhor dos outros e muitas vezes nos machucamos.

Meu pai foi a pessoa mais amável, dócil e pacífica que conheci. Minhas tias me contaram que quando ele era solteiro, o apelido dele era “padre”, porque ele era super bem comportado, pacato, exemplo de boas maneiras, caráter e honestidade.

Eu sou filha única de mulher e tenho 3 irmãos homens, mas nenhum de nós quatro puxou a natureza doce de meu pai, pelo contrário.

Nós quase nascemos no mesmo dia…Ele era de 26 de Julho e eu 29 de Julho. Leoninos muito parecidos em muitas coisas, mas muito diferentes em outras.

Sempre fomos muito vaidosos e cuidadosos com a aparência, mas ele era imbatível, se fosse na esquina pra comprar pão, ele se arrumava e se perfumava como se fosse a um compromisso social. Eu gastei muito dinheiro dando camisas e perfumes de presente pra ele…eram seus presentes prediletos. E eu amava presenteá-lo!

Em alguns momentos ele me irritava muito, quando a gente estava na porta pra sair, para algum compromisso, já em cima da hora e ele voltava pra tomar um “gole” de café, antes de sair….uma mania que eu adquiri e hoje me vejo fazendo igualzinho…vai entender!

Ou então, quando eu acordava e ele vinha com uma saraivada de perguntas….Ele sabia que eu sempre acordava de mau humor e não gostava de conversar, até acordar totalmente, mas todo dia era a mesma coisa…ah que falta que sinto disso e tudo mais…

Não lembro de nenhum momento da minha vida onde meu pai não estivesse presente. Ele fazia questão de estar com os filhos…era o que mais deixava ele feliz.

Também não lembro de nenhuma situação da minha vida, que meu pai não tivesse me apoiado, por mais que discordasse de mim.

Nunca vi meu pai levantar a mão para agredir alguém. Ele nunca bateu nos filhos ou sequer pensou em fazê-lo. Seu método era a conversa, o diálogo e sempre acompanhado de um carinho.

Difícil escrever esse texto e não lembrar de tantos momentos inesquecíveis. Alguns tristes, mas muitos, com certeza, felizes!

Não digo que perdi meu pai, porque sei que em algum lugar, em algum momento, iremos nos reencontrar. Muitas vezes sonho com ele e sinto seu perfume ao acordar. É uma sensação indescritível.

Ele foi minha alma gêmea, então sei que não ficaremos separados…

Pai, onde você estiver, não esqueça que te amo.

Desejo a todos os pais, um feliz dia dos pais, cheio de alegrias e muita festa!

FB_IMG_1534102459793

Esse foi meu confidente, meu cúmplice, meu irmão, meu herói, meu chão, meu céu, meu sol, minhas alegrias e gargalhadas( ele era engraçadíssimo), minha inspiração, meu modelo( de caráter, honestidade, idoneidade, seriedade, cultura, inteligência, delicadeza e integridade), meu norte, meu melhor e maior AMIGO, amigo dos meus amigos, meu grande e eterno amor, MEU PAI( Fernando Gama do Amaral Carneiro).

Te amo pra sempre!

Lila Amaral ❤

2 comentários em “Dia dos Pais”

  1. Lila, que texto maravilhoso! Vc deve que ter mesmo saudade e que bom poder sentir esta presença suave dele em sua vida, lhe trazendo certamente paz. Apesar de meu pouco convívio com tio Fernando, ele sempre passava uma calma e serenidade bem diferente dos outros amarals que conheço. Sinta-se feliz por ter tido esta oportunidade em sua vida de uma convivência tão benéfica e que definiu tantos traços em sua formação, pois há tantos outros, que não tem sequer duas linhas para descrever um pai. bj

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ah Rick, obrigada pelas palavras. Realmente, sou obrigada a concordar com você. Algumas pessoas nunca deveriam ter filhos, pq não tem a menor noção do que é ser pai ou mãe. Meu pai e meus avós paternos, foram as melhores pessoas que eu tive o privilégio de conviver. Bj e obrigada pela sensibilidade.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.