Hoje é dia de?

Dia do amigo

Fala galera!

Hoje se comemora o dia do amigo! Ops, mas assim como as amizades, o dia do amigo também tem suas particularidades.

1563459926317__01__01.jpg

A iniciativa para estabelecer um dia, que representasse o Dia do Amigo, reconhecido internacionalmente, teve como antecedente histórico a Cruzada Mundial da Amizade, que foi uma campanha em favor da valorização da amizade entre os seres humanos, de forma a promover a paz.

A data foi criada por um médico paraguaio em 1958.  A partir dessa ideia, fixou-se o 30 de julho como, Dia Internacional da Amizade.

Na Argentina, a data foi criada pelo médico,  Enrique Febbraro. Com a chegada do homem à lua, em 20 de julho de 1969, ele enviou cerca de quatro mil cartas para diversos países, com o intuito de instituir o Dia do Amigo. Febbraro considerava a chegada do homem a lua “um feito que demonstra que se o homem se unir com seus semelhantes, não há objetivos impossíveis”.

Eu não entendi bem essa relação, do dia do amigo, com a chegada do homem na lua, mas tudo bem.

No Brasil, o Dia do Amigo é em 20 de julho, assim como na vizinha Argentina, que leva essa data muito a sério, afinal, foram nossos hermanos que criaram a data – lá as pessoas trocam presentes e saem para celebrar juntas, assim como no Uruguai e no Chile também.

Mas, o curioso e sabe-se lá quem criou essa data, é que, no dia 18 de abril, também se comemora o dia do amigo no Brasil.

A ONU – Organização das Nações Unidas, estabeleceu o dia 30 de Julho, como o dia Internacional da Amizade.

O Facebook, comemora o dia do amigo em 04 de fevereiro, data em que a rede social foi criada, chamado de Friend’s day.

Resumindo, o dia do amigo, na minha opinião é todo dia!

Seja lá em que data for, comemore!

Eu poderia escrever um tratado sobre amizade, pois já vivenciei experiências das mais diversas! Boas, ruins, surpreendentes, inusitadas, complicadas, maravilhosas, péssimas, extraordinárias, simples, complexas, divertidas, chatas, enfim, uma montanha russa de emoções. Mas, prefiro dedicar essa crônica de Vinicius de Moraes, para meus amigos. Acho que ele escreve bem melhor que eu.

9329669339_d446323151_z__01__01

AMIGOS, 

“Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.
Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho
deles. A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor,
eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos,
enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade.
E eu poderia suportar, embora não sem dor,
que tivessem desaparecidos todos os meus amores,
mas enlouqueceria se desaparecessem todos os meus amigos!
Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos
e o quanto minha vida depende de suas existências …
A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem.
Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.
Mas, porque não os procuro com assiduidade,
não posso lhes dizer o quanto gosto deles.
Eles não iriam acreditar.
Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem
que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos.
Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro,
embora não declare e não os procure.
E às vezes, quando os procuro,
noto que eles não tem noção de como me são necessários,
de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital,
porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente construí,
e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.
Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado.
Se todos eles morrerem, eu desabo!
Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles.
E me envergonho, porque essa minha prece é, em síntese,
dirigida ao meu bem estar.
Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles.
Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos,
cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim,
compartilhando daquele prazer …
Se alguma coisa me consome e me envelhece
é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado,
morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo,
todos os meus amigos, e, principalmente,
os que só desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!
A gente não faz amigos, reconhece-os”

FELIZ DIA DO AMIGO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.