Arquitetura

Pré- história

Pré-história é um período que compreende aproximadamente cinco milhões de anos, tendo se encerrado por volta de 6 mil a.C.

Esse período é alvo de estudos multidisciplinares, isto é, envolve especialistas como arqueólogos, biólogos, paleontólogos, químicos e historiadores. A Pré-história pode ser qualificada como o período anterior ao aparecimento das cidades (organização urbana) e da escrita.

Esse longo período é geralmente dividido em duas fases: o Paleolítico, ou Idade da Pedra Lascada, e Neolítico, ou Idade da Pedra Polida.

O período Paleolítico é o mais longo, indo de 3 milhões a.C. até 10.000 a.C e é caraterizado pelo nomadismo e pelo uso ainda precário de utensílios.

No Neolítico, segunda e mais importante fase da pré-história, ocorreu a revolução da “pedra polida”, o que possibilitou o sedentarismo e as primeiras formas de agricultura sistemática. Foi nesse período que surgiram as primeiras civilizações.

O homem da pré-história, no período neolítico, abandona as cavernas e começa a construir sua morada, posteriormente denominada Nuragues e Dolmens. que significam construções edificadas em pedra, em forma de um cone incompleto, sem nenhum tipo de mistura de materiais para uni-las ou revesti-las.

NURAGUES – Aldeia de Barumiri, na Sardenha – Itália.

Os Dolmens são construções que também fazem parte do período neolítico. Essas tinham características bem diferentes das construções Nuragues. Sua formação arquitetônica consistia em duas ou mais pedras grandes fincadas verticalmente no chão, como se fossem paredes, e uma grande pedra colocada na horizontal sobre elas, parecendo um teto. As informações sobre essas construções são de que serviam para rituais místicos, culto aos deuses e templos para sacrifícios. Existem diversas lendas e mitos acerca dessas construções, principalmente relacionadas ao Santuário de Stonehenge, localizado no sul da Inglaterra.

DOLMENS – Santuário de Stonehenge- Sul da Inglaterra

Existe muita especulação sobre o tema e até hoje a História, a Antropologia, a Arqueologia e a Arquitetura não conseguiram explicar de maneira satisfatória a representação e a simbologia dessas construções dos povos Pré-históricos. Uma das poucas informações colhidas durante pesquisas é a de que essas construções não seriam simplesmente uma moradia.

Enfim, podemos dizer que as construções Nuragues e Dolmens são consideradas as primeiras formas de arquitetura mundial realizada pelo homem e a primeira manifestação da vontade e necessidade de as sociedades criarem e organizarem os espaços, não só nos aspectos físicos, como também nos aspectos simbólicos.

BIBLIOGRAFIA:

  • REBELLO, Yopanan C. P.. A Concepção Estrutural e a Arquitetura. 5. ed. São Paulo:
    Zigurate, 2007.
  • PROENÇA, Graça. História da Arte. São Paulo: Ática, 2006, p.11.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.