Hoje é dia de?

Dia do Engenheiro

Hoje se comemora o dia do engenheiro. A data foi escolhida para homenagear esses profissionais, através do  decreto Federal nº 23.569, promulgado em 11 de dezembro de 1933, que regula o exercício da profissão do engenheiro, arquiteto e agrimensor.

Nesta mesma data foi fundado o Conselho Federal de Engenharia e Arquitetura, conhecido também como CONFEA, que tem como função, fiscalizar os ofícios correspondentes destas áreas, conferindo se tudo ocorre de acordo com as regras previstas na lei de regulamentação, garantindo a segurança e os direitos assistidos aos trabalhadores, não apenas de engenharia e arquitetura, como também geologia, geografia e meteorologia.

Apesar de em 1933 o foco na engenharia civil ser muito maior do que as outras engenharias, existem inúmeras especializações na área, com focos diferentes da construção civil. Com o passar dos anos, novas tecnologias surgiram, alguns setores se renovaram, fazendo com que novas profissões ganhassem campo.

A função de um engenheiro civil é bastante ampla e demanda grande responsabilidade. O que começa com o projeto, passando por inúmeras etapas, até a construção. Tudo isso exige atenção e precisão, já que um único erro pode trazer sérias consequências.

De acordo com levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), as Engenharias estão entre as profissões com maior taxa de ocupação (chegando a mais de 95%) e que oferecem remuneração entre as cinco mais altas do País. Além disso, é difícil encontrar algum ranking das profissões mais promissoras que não tenha pelo menos uma Engenharia no topo da Lista.

O amplo mercado de trabalho e a possibilidade de conseguir altos salários mesmo em início de carreira contribuem para que a Engenharia esteja entre os cursos mais concorridos do Vestibular, Sisu e ProUni. Mas a Engenharia, na verdade, não é uma graduação. Ela está mais para uma área do conhecimento e existem, no Brasil, mais de 20 habilitações da Engenharia. Em comum, todas possuem uma carga horária intensa de disciplinas da Ciências Exatas, com muito Cálculo, Matemática e Física. Porém, cada curso de engenharia tem um enfoque diferente e forma um tipo bem específico de profissional.

O amplo mercado de trabalho e a possibilidade de conseguir altos salários mesmo em início de carreira contribuem para que a Engenharia esteja entre os cursos mais concorridos do Vestibular, Sisu e ProUni. Mas a Engenharia, na verdade, não é uma graduação. Ela está mais para uma área do conhecimento e existem, no Brasil, mais de 20 habilitações da Engenharia. Em comum, todas possuem uma carga horária intensa de disciplinas da Ciências Exatas, com muito Cálculo, Matemática e Física. Porém, cada curso de engenharia tem um enfoque diferente e forma um tipo bem específico de profissional.

Tipos de engenharia:

Engenharia Agrícola ou Agronômica

É o ramo da Engenharia que se dedica aos processos agropecuários, envolvendo todas as etapas desse segmento, desde os estudos sobre o solo até a qualidade dos produtos e a gestão de empresas do setor.

Engenharia Ambiental ou Sanitária

Envolve o estudo, diagnóstico e redução de impactos ambientais em áreas rurais e urbanas com o objetivo de preservar os recursos da fauna, flora, vegetação, ar e água. Dedica-se também ao desenvolvimento de técnicas de manejo, controle e tratamento para recuperar áreas degradadas.

Engenharia Aeronáutica

Envolve projeção, construção e manutenção de aeronaves, aeroportos e instrumentos de controle, incluindo planejamento e fluxo de tráfego aéreo.

 

Engenharia Biomédica

Desenvolve e produz próteses, equipamentos e instrumentos médicos. Estuda o organismo humano sob o ponto de vista da Engenharia, combinando conhecimentos de Química, Física, Biologia, Medicina e Bioinformática para prevenir, diagnosticar e tratar doenças.

Engenharia Cartográfica

É o ramo da Engenharia responsável pela análise de dados geográficos na elaboração de mapas. Nesse campo, o profissional é responsável por captar, coletar e processar informações relacionadas à superfície terrestre.

O curso instrui sobre tecnologias modernas para estudos geográficos e, na grade, constam disciplinas como topografia, geodésia e cartografia. O profissional atua em áreas de georreferenciamento e sensoriamento remoto.

Engenharia Civil

Dedica-se ao projeto e execução de obras de todo tipo de estrutura, como estradas, pontes, edifícios, viadutos, barragens, etc. Envolve desde o estudo do terreno até a execução da obra, podendo também cuidar da manutenção e restauro de edificações existentes.

Engenharia da Computação

Combina conhecimentos de Engenharia Eletrônica e Ciência da Computação para desenvolver  projetos de automação industrial, sistemas, computadores e periféricos.

Engenharia de Alimentos

Combina conhecimentos de Física, Química, Biologia e Matemática para definir tecnologias, máquinas, aditivos e embalagens na fabricação de alimentos.

Engenharia de Controle e Automação ou Engenharia Mecatrônica

Transforma processos manuais em automáticos ou semiautomáticos usando princípios de Elétrica, Mecânica, Eletrônica e Computação para criar sistemas produtivos mais eficientes.

Engenharia de Telecomunicações

Combina conhecimentos de Elétrica e Eletrônica, para desenvolver equipamentos usados em telecomunicações, cuidando também do projeto, operação e manutenção de equipamentos e sistemas de telecomunicações.

Engenharia Elétrica

Lida com a geração, transmissão, transporte e distribuição de energia elétrica, podendo envolver a construção de componentes elétricos e eletrônicos, usinas de energia, linhas de transmissão, sistemas e potência.

Engenharia Florestal

Estuda ecossistemas e florestas com o objetivo de desenvolver projetos sustentáveis de exploração, manejo e preservação desses recursos. Envolve também aprimoramento genético e descoberta de novas espécies da flora.

Engenharia de Materiais

Estuda e desenvolve tecnologias para produzir materiais mais eficientes. Pesquisa propriedades de materiais existentes para criar novos produtos.

Engenharia de Minas

Estuda e pesquisa reservas minerais e de combustíveis fósseis. Identifica a composição e quantidade de minérios, analisa a viabilidade econômica, a localização e a extensão das minas e propõe a melhor forma de extrair os minérios

Engenharia de Produção

É um dos ramos mais amplos da engenharia.  Aplica conhecimentos de Matemática, Física e Ciências Sociais na avaliação e otimização de processos para aumentar produtividade e reduzir custos.

Engenharia de Transportes

Voltada ao estudo e planejamento de infraestrutura de rodovias, ferrovias, portos, hidrovias e aeroportos. Envolve também estudos de viabilidade de meios de transporte, projeto e construção de veículos.

Engenharia do Petróleo e gás

Envolve todas as etapas de produção do petróleo, desde a descoberta de jazidas até a comercialização de combustíveis, passando pela exploração e produção.

Engenharia Mecânica

Envolve projeto, construção, análise, operação e manutenção de sistemas mecânicos, como motores, veículos, máquinas e sistemas termodinâmicos para todo tipo de indústria.

Engenharia Metalúrgica

Voltada ao planejamento, coordenação e desenvolvimento de projetos de tratamento e de produção de metais. Envolve também o uso desses materiais para construção de peças, estruturas ou maquinário, beneficiamento de minérios e criação de novas ligas metálicas.

Engenharia Naval

Envolve projeto e construção de barcos, submarinos, navios e plataformas marinhas, bem como o desenvolvimento de tecnologias para exploração de rios, lagos, mares e oceanos.

Engenharia Nuclear

Ligada à pesquisa e controle da energia proveniente dos átomos. Envolve segurança de elementos radioativos, controle do uso da radiação em equipamentos, geração de energia nuclear, desenvolvimento e manutenção de armas nucleares.

Engenharia Química

Envolve planejamento, construção e operação de indústrias químicas, criação e melhoria de todo tipo de produto químico.

Engenharia de Segurança do Trabalho

O graduado na área tem a responsabilidade de assegurar um ambiente de trabalho livre de riscos, sejam físicos ou psicológicos. Mais do que ter conhecimento em segurança, o profissional precisa estar a par da legislação trabalhista e ambiental.

Engenharia Têxtil

Dedicada à fabricação e tratamento de fibras, fios e tecidos para atender diversos segmentos da indústria têxtil, além do projeto de fábricas e equipamentos para tecelagens.

Parabéns a todos os engenheiros!

Fonte:

  • https//www.institutodeengenharia.org.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.