Sentimentos, Viagens, Vida real

Cork: onde morei – Irlanda

Oi gente!

Hoje acordei com muita saudade dessa cidade, onde morei, estudei, trabalhei, fiz amigos e onde eu certamente voltaria a morar – CORK. 

O Condado de Cork é apelidado de “Condado Rebelde”, e muitas vezes referem-se à cidade como a “verdadeira capital da Irlanda“. Vai ver foi por isso que a escolhi, semelhança com a rebeldia.

Cork, situada perto da costa sudoeste da Irlanda, é uma cidade universitária que tem seu centro em uma ilha e rio Lee e é conectada ao mar pelo Porto de Cork, segundo maior porto natural do mundo.

CorkCityNavagationSquareCOnstructionSite190218_large.jpg
Porto de Cork

Cork (em irlandês: Corcaigh) é a segunda maior cidade da República da Irlanda e a terceira mais populosa, sendo a capital Dublin a mais populosa. Cork foi originalmente uma colônia monástica fundada por São Finbarr no século VI. No entanto, Cork apenas alcançou um carácter urbano entre 915 e 922 quando colonizadores vikings, fundaram um porto comercial. Foi proposto que, como Dublin, Cork fosse um importante centro comercial no comércio mundial escandinavo.

Cork ganhou a diversidade cultural ao longo de muitos anos, com os imigrantes provenientes de todo o mundo, especialmente da Polônia, Lituânia, de vários países asiáticos e sul-americanos. Isso reflete o crescimento do comércio, incluindo restaurantes chineses, tailandeses, indianos e mais recentemente, do Médio Oriente.

Não existe rivalidade entre Dublin e Cork, semelhante à que existe entre Madrid e Barcelona, mas os habitantes de Cork veem a si próprios como diferentes do resto da Irlanda, sendo apelidados de “rebeldes”.

O sotaque de Cork tem um tom diferente dos seus vizinhos. Os vikings e os normandos elisabetanos deixaram uma marca indelével sobre os hábitos e linguagem do povo de Cork. A gíria e o sarcasmo únicos na cidade, podem ser identificados pelo acentuado tom usados em geral nas expressões, que só eles entendem.

A arquitetura de Cork é capaz de competir com  Dublin e Belfast. A rua principal, St. Patrick Street foi remodelada em 2004.

Screenshot_20191224-101511__01__01.jpg
St. Patrick’s street

Grand Parade é uma avenida com árvores, onde se situam escritórios e instituições financeiras.

O prédio mais famoso de Cork é a torre da Igreja de Shandon, que domina o lado norte da cidade. A Torre do Relógio é conhecida como o Liar das Quatro Faces (The Tour-faced Liar), a partir da base do edifício parece que cada relógio mostra uma hora diferente. O Shandon é aberto ao público, que podem tocar os sinos.

A Câmara Municipal, outro esplêndido edifício, que substituiu o antigo, foi destruído pelo exército britânico durante a Guerra da Independência num evento conhecido como “a queima de Cork”.

Há duas catedrais na cidade: a Catedral Católica Romana, St. Mary’s Cathedral (vulgarmente conhecida como a Sé do Norte).

E a Catedral da Igreja da Irlanda, Catedral de São Finbarr. Estacatedral anglicana de estilo gótico francês, que lembra as catedrais medievais européias, foi construída no século XIX, no mesmo local em que o patrono da cidade, San Fin Barre, fundou no século VI o mosteiro que deu origem a Cork. Seu exterior é decorado com gárgulas, esculturas e cenas da Bíblia.

A ópera Cork é uma das poucas instalações deste tipo que existem na Irlanda.

O Fitzgerald’s Park, no oeste da cidade, bem como os jardins da Universidade, através dos quais o rio Lee atravessa, são outros dos locais de interesse turístico, mas também do povo da cidade, por ser extremamente agradável e bonito.

O mercado inglês (English Market), acessível a partir da Grand Parade, Patrick Street, Oliver Plunket Street e da Princes Street, é um mercado coberto, onde se vende peixe, fruta, carne, especiarias e iguarias. As origens do mercado remotam a 1610, mas o edifício atual data de 1786. A rainha da Inglaterra já o visitou, assim como seu herdeiro Charles.

A vizinhança também oferece muitas possibilidades para os turistas. O Castelo Blarney é um dos mais importantes e das mais famosas atrações turísticas.

Os destinos de excursões perto de Cork incluem, o impressionante Parque Nacional de Killarney, o Ring of Kerry , uma das estradas costeiras mais bonitas da Europa. Se você tiver um pouco mais de tempo e quiser tornar o fim de semana divertido para viajar, recomendamos a maravilhosa Península de Mizen, a cidade de Kinsale super pitoresca à beira-mar, o famoso Cliff’s of Moher em Galway out dar uma esticada até Belfast, na Irlanda do Norte.

Parque Nacional de Killarney

Ring of Kerry ( anel de Kerry)

Mizen head

Screenshot_20191227-094239__01.jpg
Mizen head

Kinsale

Cliff’s of Moher

Dá pra entender agora, porque sou apaixonada pela Irlanda???

É uma lindeza atrás da outra… impossível não amar a Ilha Esmeralda! 🍀🇮🇪

#missyoucork #missyouireland #lovecork

Texto: Lila Amaral.

Viaje tranquilo para a Irlanda!

icon-saude

SEGURO DE VIAGEM
Faça o seguro saúde com a Seguro viagem online

icon-carro

ALUGUEL DE CARRO
Veja os melhores preços para alugar um carro na Rental cars

icon-hotel

HOTEL
Reserve o seu hotel no Booking com cancelamento gratuito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.