Sentimentos, Vida real

Certo ou errado? – Polêmica do Papa Francisco

Oi gente!

Por esses dias aconteceu um episódio polêmico, assim como muitos outros, que ocorrem com celebridades ou não celebridades, mas dessa vez foi envolvendo o Papa Francisco.

Papa (do latim “Papa“, do grego πάππας, “Pappas”, é uma palavra carinhosa para pai), também chamado de Santo Padre, é o Bispo de Roma, e como tal, é o líder mundial da Igreja Católica Apostólica Romana. Uma vez que o Papa goza do supremo poder em questões espirituais, este “não pode ser julgado por ninguém“, a não ser, pelo próprio Deus.

As aparições públicas rotineiras do Papa, no Vaticano são: a recitação, em todos os domingos, de um discurso seguido da oração do Angelus, no balcão do Palácio Apostólico  e a audiência geral das manhãs de quarta-feira, aos peregrinos e fiéis, na Praça de São Pedro, ambas seguidas da tradicional bênção papal.

Screenshot_20200105-121949__01
Papa na sacada do Palácio Apostólico – Vaticano

Em virtude da repercussão do episódio, comentei em minhas redes sociais, a atitude dele de dar 2 tapas na mão de uma fiel que o segurou, sabe-se lá porque. Muita gente concorda, assim como muita gente discorda.

Após dar as mãos para dezenas de pessoas, o pontífice foi puxado pelo braço por uma mulher que percebeu que ele se afastava da multidão que esperava para vê-lo. Em reação, o papa tentou se desvencilhar, dando dois tapas nas mãos da mulher, demonstrando seu descontentamento com a ação.

Screenshot_20200105-122808__01__01__01__01.jpg
Momento em que o Papa foi segurado pela mulher.

Talvez ela seja extremamente fervorosa em sua fé e tenha visto aquela oportunidade, como única. Segurar a mão do “papa” para mim é como segurar a mão de qualquer pessoa, mas para ela, esse gesto pode ser o céu, na Terra. Muitos a crucificaram e isso sim é errado.

Eu estive em Roma e visitei o Vaticano. Fiquei muito impressionada com a quantidade de pessoas que se aglomeram na praça de São Pedro, esperando apenas o Papa acenar da sacada, imagine na benção, onde ele se aproxima das pessoas. É um frisson, uma verdadeira maratona, pra conseguir ficar o mais próximo possível de Francisco, como os fiéis faziam com Jesus, na esperança de tocar somente suas vestes. Ninguém é capaz de avaliar a fé de ninguém. Não sou católica, mas respeito e sempre admirei a trajetória de Francisco, mas não admirei este episódio.

Resultado? POLÊMICA!

Apesar do protocolo dizer que o Papa só pode ser julgado por Deus, eu discordo e dei minha opinião, que para muitos é um”julgamento”, uma “crítica” ou até uma “sentença”. Para mim foi só um posicionamento do que é ético, conveniente e coerente com a posição de Francisco.

Mas, para muitos, ele acertou, para outros ele errou, enfim, POLÊMICA pra todo lado.

Mas, afinal esse ato foi CERTO ou ERRADO?

Primeiro, gostaria de usar o dicionário, para ajudar a entender o que cada adjetivo significa.

Certo – adjetivo:

  1. em que não há erro; verdadeiro, correto.
  2. que não é passível de dúvida; seguro.

Errado – adjetivo:

  1. que contém erro(s).
  2. que não segue a direção certa ou apropriada.

Em meu comentário sobre a postura de Francisco, considerei “errado”, por não ser uma atitude apropriada, que não segue a direção certa.

Aí, apareceram várias vozes, concordando e discordando. Natural, afinal cada um tem sua opinião, que é pessoal e intransferível.

Não acho que o Papa seja Santo. Ele é um ser humano como outro qualquer, no entanto, ele representa a Igreja e a religião com maior número de adeptos, no mundo e serve de modelo e inspiração para eles. Além disso é um pregador da Paz, então foi um ato falho dar tapas numa fiel.

Imaginem se todo mundo que nos tocar, na nossa impaciência, resolvermos revidar com tapas???

O mundo já está caótico e violento além da conta.

Gandhi, Dalai Lama, Francisco Cândido Xavier, Irmã Dulce, Madre Tereza de Calcutá, assim como outras personalidades religiosas e não religiosas também, sempre estiveram cercados por multidões e não há relatos de agressão ou falta de tolerância.

Não acho o Papa certo ou errado, apenas acho que sua atitude repercutiu muito mal, melhorou, após seu pedido de desculpas, mas certamente ficou no subconsciente de muitos, dando margem a muitas interpretações. Acho essa atitude, errada, porque poderia ser evitada.

Bom, essa é minha opinião e gostaria de compartilhar, para que os que me lançaram comentários deselegantes possam saber exatamente o que penso.

Muita paz para o mundo!

Não existe nada de completamente errado no mundo, mesmo um relógio parado consegue estar certo duas vezes por dia”

Paulo Coelho

Texto: Lila Amaral.

Referências: