Arquitetura

Estação Madrid Puerta de Atocha – Arquitetura – Madrid

estação Puerta de Atocha é a maior estação ferroviária de Madrid e da Espanha. Atualmente, ela é dividida em duas estações: Estação Madrid Puerta de Atocha e estação de Atocha Madrid Cercanías e ainda interliga a estação do Metro de Madrid.

Este grandioso edifício construído essencialmente em ferro e vidro, foi erigido por Alberto Palacios, com a ajuda de Gustave Eiffel e foi a primeira inaugurada na cidade, em 1851, ainda sob o nome de Estación del Mediodía.

A estação foi ampliada em 1865 e em 1892. Desse último ano pertence o seu elemento mais característico: a cobertura da nave principal que, desenhada pelo engenheiro Saint-James, apresenta medidas de 152 metros de largura, 48 de vão e 27 de altura, e é um dos traços mais distintivos da cidade.

Screenshot_20200130-212538__01
Perspectiva esquemática da estação.

Após a reforma realizada por Rafael Moneo entre 1984 e 1992, atualmente a Estação de Atocha é um complexo formado por duas estações: a antiga e a nova.

A nova está destinada ao tráfico ferroviário, o terminal do AVE, linhas de longo curso, alta velocidade e suburbanas.

A antiga é utilizada para os escritórios da RENFE e para um complexo comercial e de lazer, onde foi instalado um jardim tropical com mais de 7.000 plantas de 400 espécies, em homenagem às vítimas, do atentado a Madrid.

Também conhecidos como 11-M. foram atentados terroristas coordenados, quase simultâneos, contra o sistema de trens suburbanos das Cercanías, em Madrid, na manhã de 11 de março de 2004, três dias antes das eleições gerais espanholas. As explosões mataram 193 pessoas e feriram 2 050.

Endereço: Glorieta del Emperador Carlos V, s/n, 28045.

Horário: Segunda a Domingo: 05:00h a 01:00h.

PROJETO:

Screenshot_20200129-235241__01
Situação em relação a Madrid
Screenshot_20200129-235050__02__01__01
Zoneamento

zoneamento é um instrumento utilizado em projetos de grande porte, visto que o entorno será diretamente afetado, como: fluxo de veículos e pedestres.

Screenshot_20200129-235102__02
Planta 0 – Serviços e comércio
Screenshot_20200129-235056__01__01__01
Planta 1 – Serviços e plataformas
Screenshot_20200129-235056__01
Planta 2 – Estacionamento

De Atocha saem trens de alta velocidade (AVE) das linhas:

  • Madrid-Levante: com ramais para Albacete, Valencia, Alicante, Cartagena, Múrcia e Almería
  • Madrid-Sevilla: com ramais para Toledo, Córdoba e Málaga
  • Madrid-Zaragoza-Barcelona-Fronteira Francesa: termina em Figueres-Vilafant, mas passa por Girona, além de ter ramais para Lérida, Guadalajara, Calatayud e Tarragona.

Os trens cercanías que passam por Atocha são:

  • R-1: Madrid-Atocha – Ávila
  • Linha 53 (R-2): Madrid-Atocha – Segovia
  • Linha 48 (R-6): Atocha Cercanías/Aranjuez – Valencia-Estación del Norte
  • Linha 57 (R-7): Madrid-Chamartín – Alcázar de San Juan – Albacete-Los Llanos
  • Linha 58 (R-8): Madrid-Chamartín – Alcázar de San Juan – Jaén / Ciudad Real
  • Linha 52 (R-10): Atocha Cercanías – Talavera de la Reina – Plasencia – Cáceres – Mérida – Badajoz

E a linha de metrô que passa pela Atocha-Renfe é:

  • Linha 1 (Azul Claro): Pinar de Chamartín-Valdecarros

Referências:

  • Almazán, José; 1857. Relatório sobre o estabelecimento de uma estação central, onde se juntam as principais ferrovias da Espanha. Suplementos à Revista de Obras Públicas . José de la Peña Press, Madri, p.52 e segs.
  • Moneo, Rafael; 2010. Notas sobre 21 obras . Gustavo Gili, Barcelona, ​​p.171-179.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.