Arquitetura

Catedral de Santiago – Arquitetura – Santiago de Compostela

Screenshot_20200127-132247__01__01
Catedral de Santiago, Santiago de Compostela -Espanha.

Catedral de Santiago de Compostela é um templo católico situada na cidade de Santiago de Compostela, capital da Galiza, Espanha.

Segundo a tradição católica, o apóstolo Tiago, o Velho ( “Jacó “, em hebraico), irmão mais velho do apóstolo São João, veio à Hispânia, entre os anos 36 e 37, para evangelizar a “Gallaecia“. Ele retornou à Judéia e foi decapitado pelo rei Herodes Agripa I.

Seus discípulos transportaram o corpo para Iria Flavia, onde ele foi enterrado.

Screenshot_20200131-022633__01__01
Imagem de Santiago na Catedral de Santiago.

Devido às perseguições dos romanos aos cristãos, seu túmulo foi abandonado no século III e posteriormente, descoberto na segunda década do século IX e considerado como um milagre, devido ao fato de luzes, aparecerem em sua direção.

Por volta de 814, o Eremita Pelayo, adverte o bispo de Iria Flavia, Teodomiro, que descobriu o túmulo apostólico no contexto de um mausoléu romano da era paleocristã.

O rei Afonso II, mandou construir uma capela para guardar o túmulo e em 829, a capela deu lugar a construção de uma primeira igreja.

A atual catedral, foi construída entre 1075 e 1128, em estilo românico, na época das cruzadas e durante a Reconquista Cristã, tendo sofrido depois várias reformas que lhe adicionaram elementos góticos, renascentistas e barrocos, tanto no exterior, como no interior.

A Catedral de Santiago foi modificada em numerosas ocasiões desde a sua primeira construção e com tantas obras e ampliações a planta em cruz latina original foi sendo bastante alterada.

Screenshot_20200131-025431__01
Planta em forma de cruz latina original.

Atualmente é um edifício complexo, do qual dificilmente o visitante consegue ter uma percepção clara da sua arquitetura e distribuição dos diversos espaços e estruturas.

Screenshot_20200206-212606__01
Planta atual da Catedral de Santiago.

Para ter uma visão global do edifício, é mais eficaz apreciar a grande maquete, exposta no Museu das Peregrinações e de Santiago.

Screenshot_20200206-211200__01
Maquete da Catedral, como é atualmente.

Na atualidade, cada uma das fachadas forma com as respectivas praças conjuntos urbanísticos magníficos. Fachada do Obradoiro é o nome dado à fachada da catedral, pela qual se entra na nave principal.

Dá para a praça de mesmo nome e é a mais emblemática, em estilo barroco.

Screenshot_20200130-225447__01
Fachada principal, voltada para a praça do Obradoiro.

A porta da catedral está num nível bastante mais elevado do que o da Praça do Obradoiro, e para subir até à entrada, há uma escadaria, construída em 1606 em estilo renascentista.

Screenshot_20200206-213306__01__01
Vista da escadaria Renascentista, na fachada do Obradoiro.

A estrutura do edifício ocupa uma área de 8000 m² e consta de uma planta em cruz latina de três naves. Na cabeceira situa-se a capela-mor, rodeada por uma charola, pela qual se acede a cinco capelas radiais menores. Esta estrutura segue os exemplos franceses dos templos de peregrinação. 

As naves central e laterais têm cerca de 100 metros de comprimento e o cruzeiro cerca de 70 metros. A altura da nave central é de 22 m no cruzamento da abóbada, em todo o seu percurso e na abóbada do cruzeiro atinge a altura máxima de 32 m.

Screenshot_20200131-022829__01
Nave Central e lateral.
Screenshot_20200130-225432__01
Altar mor.

A nave central é coberta com uma abóbada de berço sustentada por arcos torais. As naves laterais têm abóbadas de aresta.

Screenshot_20200206-215615__01
Abóbadas de berço e de aresta.

A iluminação provém das frestas existentes nos dois pisos das naves laterais do período românico.

Screenshot_20200130-225424__01
Iluminação através das rosáceas e vitrais.

A ornamentação interior pode apreciar-se principalmente nos capitéis decorados com cenas históricas ou bíblicas e vitrais coloridos.

A catedral conta com uma coleção de tapeçarias, a qual está exposta em cinco salas. Numa dessas salas encontram-se as doze tapeçarias da autoria de Francisco de Goya que foram legados à catedral em 1814.

No complexo também há o Museu da Catedral de Santiago de Compostela, que foi fundado em 1928 e é uma instituição que acolhe e expõe diversas obras artísticas e arqueológicas desde a época romana até à atualidade.

O museu situa-se na própria catedral e distribui-se por vários espaços:

  • O claustro, ao qual se acede pelo lado sul da Praça do Obradoiro;
  • A cripta do Pórtico da Glória, cuja entrada se situa na escadaria de acesso à catedral na mesma praça,
  • Tesouro e Panteão Real, aos quais se acede pela mesma entrada do claustro;
  • Paço de Gelmires, dedicado a exposições temporárias e ao qual se acede pelo lado norte da fachada do Obradoiro.

 

Santiago_Catedral_torre_GDFL
Imagem do Claustro. Fonte: Wikipedia.
Screenshot_20200206-221850__01
Arco do pórtico da Glória. Fonte: Wikipedia.
Screenshot_20200206-222306__01
Pórtico da Glória. Fonte: Wikipedia.

O local tornou-se um destino de peregrinação cuja popularidade e importância foi aumentando gradualmente e hoje só perde em número de peregrinos, para a Terra Santa em Jerusalém.

Endereço: Praza do Obradoiro, s/n, 15704 Santiago de Compostela, A Coruña, Espanha.

Horário de funcionamento:

  • SANTIAGO CATEDRAL: é aberta todos os dias do ano, a partir de 09:00h às 20:00h. Acesso pela porta de Platerías.
  • MUSEU: todos os dias de abril a outubro: 09:00h às 20:00h. Todos os dias de novembro a março: das 10:00h às 20:00h.

Ingressos: clica aqui.

Site: http://catedraldesantiago.es/

Planeje sua viagem!

Viaje tranquilo para Santiago de Compostela!

icon-saude

SEGURO DE VIAGEM
Faça o seguro saúde com a Seguro viagem online

icon-carro

ALUGUEL DE CARRO
Veja os melhores preços para alugar um carro na Rental cars

icon-hotel

HOTEL
Reserve o seu hotel no Booking com cancelamento gratuito.

 🟥 INGRESSOS

Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios na Europa com a Get Your Guide

Referências:

  • Villanueva, Jesús (2010), Santiago de Compostela. La ciudad del Apóstol, Historia National Geographic.
  • Garrido Torres, Carlos (2000), Las Guías visuales de España: Galicia.

3 comentários em “Catedral de Santiago – Arquitetura – Santiago de Compostela”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.