Sentimentos, Vida real

Corona é Coroa, mas ninguém será rei

Screenshot_20200328-131447__01__01

Corona significa coroa, mas que ironia.

Porque nessa pandemia, ninguém será rei de coisa alguma.

O que as pessoas em geral não estão conseguindo entender é que, com isolamento ou não, as pessoas serão contaminadas. Umas vão morrer, outras não.

O que as pessoas não estão conseguindo enxergar é que todos os continentes já têm seu percentual de infectados, grandes ou pequenas nações.

Isso quer dizer que o mundo está infectado e todos estão em condições iguais. Uns países mais, outros menos.

A África tão sofrida, explorada e pobre, certamente perecerá mais rápido, porque sua população é desprotegida para tragédias, veja o número de mortos por fome, ebola e outras doenças.

Mas o problema maior as pessoas não estão enxergando.
Esse é um momento de crise, que está evoluindo (espero que não), para a maior recessão que esse planeta já viveu.

Se parar tudo, não produz, não se tem mantimentos, remédios, material hospitalar, máquinas de respiração, insumos em geral, etc…
E o impacto disso vai ser realmente muito maior que o contágio. Já estamos vendo necessitados e oportunistas igualmente, saqueando mercados e partindo pra guerra.

Isso é caos.

Se nos isolamos (que deveria ser o certo), diminuímos em parte o contágio, mas ficamos sem recursos para nossa sobrevivência diária. Até para os ricaços, porque a despensa não durará pra sempre cheia, seu motorista, sua cozinheira, provavelmente vão morrer, não terá o cara do delivery pra levar comida, etcc…

Talvez seja um momento de escolher quem morre menos ou simplesmente dar as mãos (no sentido figurado).

A natureza vem dando sinais de esgotamento a muito tempo, mas ninguém liga. Vai faltar comida para as pessoas.

O mundo chegou num patamar de competitividade que não tem limites, mas alguns ligam e querem mais.

A China de forma irresponsável, já contaminou o mundo várias vezes por causa de seus hábitos estranhos e seu governo tirânico. Inclusive, prometendo em 2004, que o consumo e tráfico de animais silvestres e estranhos, seria proíbido e não foi.

Assim como outros povos contaminam o mundo de outras maneiras.

A União Europeia que deveria se apoiar entre si, esta semana está quase em vias de se desfazer. Nessa hora, ninguém pensa no outro.

A Alemanha, toda poderosa, negou ajuda à Itália neste momento tão drástico. Mas não sabe o dia de amanhã. Já foi destruída uma vez, depois de destruir milhões de pessoas, durante a guerra.

Todo mundo está de fronteiras fechadas, ninguém mais passa pra lugar nenhum. A tão sonhada Globalização não existe mais, pelo menos por tempo indeterminado.

E tudo isso por ganância, por poder, por rivalidade, por falta de humanidade, falta de respeito ao seu próprio povo(é só ver a desigualdade social, que mata mais que qualquer vírus, através da fome).

O mundo está travado, parado e talvez por um longo período. O que significa que, com ou sem vírus, é hora de reflexão. Mas quem é que está pensando em reflexão? O desespero tomou o lugar da sanidade, da serenidade, do bom senso.

Talvez Deus esteja mandando mais um recado: ou vocês aprendem a amar o próximo, como a si mesmos, ou vão pagar um preço alto.

O vírus não está escolhendo A ou B.
Temos 2 príncipes contaminados, o Premier da Inglaterra também. Ministros, ricos, pobres, famosos, anônimos, velhos (em sua maioria), novos, pretos, brancos, amarelos…enfim: todos no mesmo barco e muitos dentre esses, infelizmente morreram.

Se houvesse humanidade, bom senso, seriedade, responsabilidade, cuidado e acima de tudo, boa vontade, daria pra fazer um estrago muito menor, porque dinheiro tem, mas ninguém quer abrir mão dele.

Pessoas de bem, boa vontade e dispostos tem, mas ninguém quer ouví-los.

De boa “intenção” o inferno está cheio.
Este é um momento de ação, com coerência, com respeito às vidas, mas respeito à manutenção delas também.

Quem nunca ouviu o ditado: se sair o bicho pega e se ficar o bicho come?

Infelizmente é isso que todas as nações estão vivendo. Não é “privilégio” ou escolha de nenhuma.

O mal já foi feito, o caos já está criando corpo e o momento é de enfrentar com lucidez.
Não tem fórmula mágica.
O negócio é sério.

Ou os governantes de todas as nações se unem, dividem suas riquezas e potenciais ou era uma vez um planeta chamado Terra.

Leia também:

Que Deus nos abençoe.

Texto: Lila Amaral.

10 comentários em “Corona é Coroa, mas ninguém será rei”

  1. Entendo o desabafo. Em horas assim, todos sentimos aquela necessidade de fazer ou dizer algo. Mas não é bem verdade que, às vezes, o silêncio fala mais? Ou que nada fazer é fazer alguma coisa? Penso, à respeito de tudo que está posto, que deixar o vírus seguir seu rumo, fazendo ouvidos moucos às autoridades de saúde, seria um péssimo negócio para a sociedade, e até mesmo para a economia, que estaria deixando de ser mais afetada agora, por força do isolamento, para ser mais afetada depois, quando o saldo negativo de toda a tragédia humana chegar aos patamares previstos. A questão, como você disse, não permite uso de fórmula mágica. A escolha de Sofia, no caso em tela, é se pagaremos a conta agora ou depois, sendo que, a prevenção sempre se mostrou o melhor remédio. Você escreve muito bem. Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada. Foi mesmo um desabafo. Estou morando na Itália e vendo de muito perto este caos. Pessoas sofrendo de todas as formas. Ou por perder um ente querido ou por estar falido, sem saber como será o dia de amanhã. Aqui a quarentena ainda está em todas as cidades e só podemos sair para ir ao supermercado ou farmácia. Têm sido dias muito difíceis. Eu não fui infectada e posso dizer que foi um livramento ou proteção lá de cima, porque passei por Milão e Napoles, cidades com grande número de contágios e saí ilesa. Mas nem todos tiveram essa sorte. O país está parado, afogado em dificuldades financeiras e penso nos pais, em como irão alimentar seus filhos, recomeçar do zero. Penso em todos os estabelecimentos fechados, funcionários demitidos… é muito triste. Mas a prevenção tem que continuar, do contrário o número de mortos pode aumentar. É um país de população idosa e isso foi um dos agravantes. Obrigada por se importar. Muitos não estão nem aí pro que vai acontecer no final desse filme de ficção científica. Só que não é filme… é vida real. Sds

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.