Arquitetura, Vida real

Norman Foster – Arquiteto

Norman Foster é um renomado arquiteto inglês, conhecido mundialmente pelo seu estilo ousado de desenhar prédios importantes, principalmente na Europa e na Ásia, e por sua preocupação com o meio ambiente.

Screenshot_20200525-181458__01__01__01
Arquiteto britânico, Norman Foster

Ele é o arquiteto mais internacional de todos os tempos. Fiel a uma maneira de pensar a arquitetura, cartesiana, elegante e tecnológica, reinventou arranha-céus, escritórios e museus. Desde 2017, a fundação que ele criou em Madri é um fórum de prestígio para o debate internacional sobre os modos de vida, a cidade e a arquitetura atual e futura. Foster se tornou o paradigma global do arquiteto, o mais premiado e admirado do planeta.

Condecorado com pela Ordem do Mérito em 1997 e em 1999 foi feito elevado à condição de Barão, sendo conhecido atualmente como Barão Foster do Tâmisa. É também o segundo arquiteto britânico a ganhar o Prémio Stirling duas vezes, sendo a primeira vez pelo Museu Imperial de Duxford em 1998 e a segunda pelo 30 St Mary Axe em 2004. Em 2009 foi premiado com o Prêmio Príncipe das Astúrias. É uma vitrine ambulante de títulos.

Paradoxalmente, temos que agradecer às suas humildes origens que, transformou Norman Foster no arquiteto estrela que todos conhecemos. Como Deyan Sudjic explica em sua biografia do personagem, publicada em 2011, “se Foster pudesse pagar por um aviã móo quando jovem, ele não seria um arquiteto hoje. Foi no mundo da aviação, que o arquiteto descobriu durante seu serviço militar, que lhe deu a coragem de deixar um emprego seguro, mas indefinido, como oficial administrativo na prefeitura de Manchester, abrir novas perspectivas e alcançar a arquitetura.

Obras marcantes:

Screenshot_20200525-195507__01
30 St Mary Axe, sede Sede da Swiss, edifício comercial em Londres, UK.
Screenshot_20200525-195957__01__01
Estádio de Wembley, Londres, UK

Ambição, determinação e caráter pragmático é o que permitiu a Foster superar todas as dificuldades – desde as origens humildes e a juventude vacilante até o câncer – para se tornar o que ele é.

Foi na América onde ele aprendeu a se fazer. Bolsa de estudos para concluir seus estudos de arquitetura em Yale, lá conheceu um jovem Richard Rogers, com quem estabeleceu amizade e relacionamento profissional. Rogers era filho de um médico de Wimbledon. Ambos se casaram com dois arquitetos irmãos – para Foster, ele foi o primeiro de seus três casamentos, sua atual esposa é a espanhola Elena Ochoa – e criou o estudo Team Four (1963-1967), no qual Foster e Rogers deram seus primeiros passos.

Foster encontrou sua oportunidade quando, em 1979, venceu o concurso para projetar o Banco de Hong Kong e Xangai, uma obra-prima que, quando concluída em 1986, deu-lhe fama internacional. Com este trabalho, ele se tornou o mais requintado dos designers de estilo de alta tecnologia. Nos anos noventa, ele começou a construir em todo o mundo: a Biblioteca Nîmes Media e o aqueduto Milleau na França, a torre Collserola em Barcelona, ​​o metrô de Bilbao, a cúpula do Reichstag em Berlim, os aeroportos de Hong Kong e Pequim.

Uma carreira que lhe rendeu o Prêmio Pritzker em 1999, o “Nobel” em arquitetura.

Do cargo de arquiteto mais global de todos os tempos, o responsável pela próxima extensão do Museu do Prado, não parou de refletir e influenciar através de seu trabalho e seu vasto legado – preservado e disseminado através da fundação que carrega seu nome, com sede em Madrid, sobre o futuro das cidades, a sustentabilidade do planeta e o poder transformador da tecnologia e da arquitetura. Metrópole ecológica (cidade de Masdar), aeroportos de drones para levar alimentos a áreas remotas, casas para a futura colonização de Marte … Excedendo amplamente a barreira dos oitenta anos, Norman Foster continua a demonstrar que o status de arquiteto estelar não precisa ser um epíteto depreciativo.

Em minhas viagens, tive o privilégio de conhecer algumas de suas obras, como:

O metrô de Bilbau:

Torre de Collserola, Barcelona:

Luigi Einaudi Campus (CLE), Universidade de Turim:

Restauração do Reichstag, Berlim( Parlamento):

Millennium Bridge, Londres:

Prefeitura de Londres:

Screenshot_20200525-194452__01

Foster tem uma carreira extremamente produtiva. Seus trabalhos são inúmeros. Segue abaixo a relação dos projetos executados e em andamento.

Projetos executados:

  • Sede da IBM Pilot, Cosham, Inglaterra (1970 – 1971)
  • Sede de Willis Faber e Dumas, Ipswich, Inglaterra (1971 – 1975)
  • Centro de Artes Visuais Sainsbury, Universidade de East Anglia, Norwich (1974 – 1978)
  • Torre Commerzbank em Frankfurt, Alemanha (1991 – 1997),
  • Sede do HSBC (1979 – 1986) e Aeroporto Internacional de Hong Kong, Chek Lap Kok, Hong Kong (1992 – 1998)
  • Terminalde construção no aeroporto de Stansted (1981 – 1991)
  • Metrô de Bilbao , Espanha (1988 – 1995) e (1992 – 2004)
  • Renovação da Biblioteca Lionel Robbins, Biblioteca de Ciências Políticas e Econômicas da Escola de Economia de Londres (1993 – 2001)
  • Torre de Collserola, Barcelona (1992)
  • Restauração do Reichstag, Berlim (1992)
  • Carréd’Art, Nîmes, França (1984 – 1993)
  • Coberturado Grande Pátio do Museu Britânico, Londres (1999)
  • Millennium Bridge Londres (1996 – 2000)
  • Reestruturaçãodo Reichstag Berlim (1999)
  • Prefeitura, Londres (2000)
  • Estação MRT Expo, Cingapura (2001)
  • Estaçãode metrô Poterie, Rennes, França (2001)
  • SedeJ Sainsbury, Holborn Circus, Londres (2001)
  • 30 St Mary Axe, sede Sede da Swiss Re, Londres (1997 – 2004)
  • 8 Canada Square (sede do HSBC Group), Londres (2002)
  • WorldTrade Center (São Marinho) (1997 – 2004)
  • SageGateshead, Gateshead, Inglaterra (2004)
  • Viaduto de Millau – Gorge, du Tan, França (1993 – 2005)
  • Memorialda Polícia Nacional – The Mall, Londres (2005)
  • Faculdadede Filologia, Freie Universität Berlin, Berlim Alemanha (2005)
  • 40 apartamentos de luxo, St. Moritz, Suíça (2005)
  • Faculdadede Farmácia, Universidade de Toronto, Canadá (2006)
  • HearstTower, Nova York (2006)
  • Dosséis urbanos para caixas eletrônicos (Milão) (2006)
  • Terminal internacional do Aeroporto Internacional de Pequim, China ( 2007 –
  • Casados Elefantes no Zoológico de Copenhague, Dinamarca (2007-2008)
  • Bodegas Portia Winery, Ribera del Duero, Espanha (2010)
  • Luigi Einaudi Campus (CLE), Universidade de Turim, Turim (2012)

Projetos em andamento

  • Suprema Corte do Reino Unido, Middlesex Guildhall, Londres (2009)
  • DallasCenter for Performing Arts, Dallas, EUA (2009)
  • EnCanaOffice Complex, Calgary, Alberta, Canadá (2010)
  • Spinningfield square, Manchester (2005-2010)
  • Russia Tower, Moscou (2007-2011)
  • “Torre U2”, Dublin, Irlanda (2008-2011)
  • Estação TAV Zenith em Saint-Étienne, França
  • Faculdade de Direito, Turim, Itália
    Crystal Island (2014)
  • Yacht Club Monaco, Mônaco
  • Masdar City, a “cidade pós-petróleo”, Emirados Árabes Unidos, (2015)
  • 2 World Trade Center, Nova York, EUA, (2015)
  • The Living Wall, Amã, Jordânia
  • Projeto Millennium Tower, Tōkyō ainda não concluído,
  • Apple Park, Cupertino, Califórnia, EUA, 2016
  • Bloomberg, Londres, 2016
  • 100 East 53rd Street, Nova York, 2017

Leia também:

Referências:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.