Viagens

Nápoles – dica de viagem – Itália

Nápoles é uma cidade, que fica no sul da Itália, no Golfo de Nápoles, próxima ao Monte Vesúvio, vulcão ativo que destruiu a cidade romana de Pompeia. Fundada no segundo milênio a.C. é uma das cidades mais antigas do mundo.

Dominada e reconquistada por vários povos até a unificação da Itália, dominou todo o sul do país e hoje o que resta é uma mistura de arquiteturas, culturas e povos todos reunidos nos mesmo lugar. Nem depois do desastre do Vesúvio, que destruiu Pompeia, nem os duros ataques na Segunda Guerra Mundial foram capazes de derrubar a cidade mais densamente povoada da Itália.

Declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO, o centro histórico é um dos maiores da Europa e  com tantos reinos e impérios na sua história, Nápoles, foi no passado, um importante centro cultural Renascentista.

Screenshot_20200620-112452__01
Piazza Garibaldi, Nápoles – Itália.

Nápoles é uma cidade caótica! Não existe outra palavra para definir a capital da Campânia, com seu trânsito muito louco, muitos imigrantes e refugiados, circulando pra lá e pra cá, muita sujeira, mas uma história incrível, uma arquitetura e cultura marcantes, um mar incrivelmente lindo e a famosa pizza napolitana.

Muitos dizem que, Nápoles ou se ama ou se odeia. Eu não seria tão enfática aos extremos. Tem coisas que não não gostei, assim como, tem coisas que amei. Então nada de radicalismo.

Cheguei em Nápoles, de trem, pela Trenitália, vindo de Grosseto, pequena cidade na região da Toscana e desembarquei na linda Stazione Napoli Centrale.

A estação fica numa das mais famosas praças de Nápoles, em homenagem a um italiano, que lutou no Brasil e fez história, Piazza Giuseppe Garibaldi.

Screenshot_20200620-134836__01
Piazza Giuseppe Garibaldi. Napoles, Itália. Fonte: Google.

A praça foi totalmente reformada em 2004, paralelamente à reforma da estação. As obras, resultaram em uma grande revolução no sistema viário, criação de um anfiteatro, espaços comerciais, um playground e uma caminhada subterrânea, com galerias comerciais. 

Se hospedar no centro da cidade, tem vantagens e desvantagens. As vantagens são: estar próximo da estação de trem, do centro histórico e da principal estação de tram e ônibus, que partem da Piazza Garibaldi. As desvantagens são: ficar longe de outros pontos históricos (mas, não podemos ficar perto de tudo) e o principal é a segurança.

Me senti insegura, principalmente à noite, pois existem muitos moradores de rua e muitos refugiados que por estarem ilegais e sem emprego, tentam se dar bem, com pequenos furtos, principalmente com os turistas desavisados. #ficaadica

Depois de circular pelo centro histórico, muita coisa vai surpreender, como, os famosos varais, com seus lençóis esvoaçantes, casas e prédios com pintura gasta e com aspecto de ruína, a grande mistura de povos( nunca vi tantas nacionalidades diferentes no mesmo lugar), a culinária típica, enfim, você acaba se acostumando e achando tudo muito charmoso.

Uma sugestão de roteiro é começar pela rua Via Benedetto Croce, mais conhecida como: Spaccanapoli, como dizem os napolitanos. spacca=quebra, ou divide Napoli ao meio. O começo dela é na Igreja Gesù Nuovo e o final é no Quartiere Spagnoli, a região mais suja e bagunçada da cidade, mas que não deixa de ser interessante.

E a pizza??? Essa é imperdível!!!

Screenshot_20200620-120524__01
Tipica pizza napolitana.

As melhores pizzarias de Nápoles, ficam na Via Dei Tribunali, como: a famosa Pizzaria Sorbillo, a Pizzaria del Portico e a mais antiga da cidade, a Antica Pizzeria Port’Alba.

Depois de aproveitar um pouco de tudo, de tirar milhares de fotos, abri mão do ônibus e decidi percorrer as estações de metrô, que são um verdadeiro ponto turístico. Pra comprar seu cartão único, para tram, ônibus e metrô, veja as tarifas aqui.

O trânsito de Nápoles é um dos piores da Itália, mas  diferente de Roma, onde o Metrô não é tão útil para o turismo, em Nápoles as estações estão perto dos principais locais de interesse. Por isso escolhi me hospedar perto do metrô, mesmo o centro sendo meio perigoso à noite.

São apenas 16 estações ao longo de uma linha de 15 km. A principal estação é na Piazza Garibaldi, bem em frente à estação de trem Napoli Centrale.

O metrô tem estações próximas a importantes lugares para o turista, como:

  • Estação Università: perto do Porto de onde saem balsas para Capri;
  • Estação Toledo: fica na famosa Via Toledo e é uma das estações mais bonitas do mundo;
  • Estação Museo: ao lado do Museu Arqueológico de Nápoles e perto do Centro Histórico;
  • Estação Municipio: ao lado do Castel Nuovo e perto da Piazza del Plebiscito.

As estações são incríveis. Fiquei me sentindo num filme de ficção científica, na estação Toledo e na estação Universitá, com uma decoração psicodélica é como se o tempo tivesse voltado e os hippies fossem sair dos vagões. Foi literalmente, uma viagem!

Já que falei de arte, vale lembrar que tem muito museu pra visitar em Nápoles. Como sou apaixonada por arte, sempre tento visitar o máximo que posso, mas os ingressos às vezes tem um preço salgado, então tenho que escolher as atrações que vou visitar, porque não dá pra ir em tudo. Mas fiz uma lista de sugestões pra Museus e Igrejas, que são imperdíveis.

Principais museus de Nápoles:

  1. MUSA– Museo Universitario delle Scienze e delle Arti (vídeo visita);
  2. Galleria Borbonica (site oficial);
  3. LAES – La Napoli Sotterranea (site oficial);
  4. Museo delle Arti Sanitarie (site oficial);
  5. Ospedale delle Bambole, o macabro Hospital das Bonecas (site oficial);
  6. Museo Nazionale Ferroviario di Pietrarsa (site oficial);
  7. Museo del Tesoro di San Gennaro (site oficial).
  8. Museu Arqueológico Nacional de Nápoles;
  9. Chiesa Museo do Santa Luciella aí Livrai;
  10. Museo e Real Bosco do Capodimonte.

Principais igrejas de Nápoles:

  1. Igreja de San Giovanni a Carbonara;
  2. Igreja dei Santi Filippo e Giacomo;
  3. Igreja Gesù Nuovo;
  4. Igreja Sant’Anna dei Lombardi (Santa Maria di Monte Oliveto);
  5. Igreja de San Gregorio Armeno;
  6. Complesso Monumentale di Santa Chiara;
  7. Museu Diocesano Napoli!
  8. Duomo di Napoli;
  9. Igreja do Purgatorio ad Arco;

Galleria Borbonica

A Galeria Bourbon, leva o nome do rei Fernando II de Bourbon, que em 1853 iniciou sua construção, para criar uma conexão subterrânea secreta entre o Palácio Real e a Piazza Vittoria, perto do mar e do quartel, de modo a permitir uma fuga rápida e segura ao rei em caso de perigo.

A Galeria voltou a ser útil durante a Segunda Guerra Mundial, quando seu túnel e as antigas cisternas, foram usadas como abrigo de guerra para os cidadãos. Graças a esse caminho secreto, encontraram refúgio, quase 10.000 napolitanos, muitos dos quais perderam suas casas durante os atentados sofridos, pelos aliados e alemães.

Somente em 2005 a galeria foi reconsiderada por geólogos, que começaram a cavar a passagem subterrânea, descobrindo várias salas e conseguindo, em 2010, reabrir a estrutura ao público.

Hoje, a Bourbon Gallery é uma das atrações turísticas mais fascinantes e sugestivas de Nápoles, onde os visitantes podem escolher entre 4 rotas.

Caminho padrão

Você pode entrar nos espaços da galeria mergulhando em uma viagem extraordinária Nápoles “abaixo”.

Curso de aventura

Visita a bordo de uma balsa que navega em um túnel da Linha do Bonde, construída no final dos anos 80.

Caminho de Speleo

É o caminho mais longo e mais emocionante. Os visitantes são equipados com capacete, com luz frontal, um traje e equipamento para explorar os túneis do antigo aqueduto subterrâneo.

O caminho das memórias

Uma jornada incrível e nostálgica em uma Nápoles destruída pelos bombardeios da guerra, mas que parece ainda estar viva através de achados, relíquias e objetos encontrados daqueles que viviam nas rotas subterrâneas para proteger suas vidas. Informações sobre os percursos, preços e duração.

E-mail: mail@galleriaborbonica.com

Os efeitos especiais, são feitos com iluminação cênica. O lugar é incrível e super vale a pena.

Museu Arqueológico Nacional de Nápoles – é um museu que, abriga uma extensa coleção de arte da Antiguidade. É o sucessor do antigo Museu Real Bourbon, um dos mais antigos e importantes da Europa.

Não deixe de conhecer a Piazza Plebiscito. Não há nada mais grandioso em Nápoles. Isso porque essa grande praça fica entre dois importantes monumentos: a Basílica de São Francisco de Paula(Basílica Reale) e o Palácio Real, onde a família real napolitana vivia na época do Reino das Duas Sicílias.

Screenshot_20200625-182346__01
Piazza Plebiscito, Napoles, Itália. Vista aérea. Fonte: Wikipedia.

Palazzo Reale – O Palácio Real de Nápoles é uma construção que fica na Piazza del Plebiscito. Foi construído em 1600 para os vice-reis espanhóis e atualmente é quase todo ocupado pela Biblioteca Nazionale.

Outras visitas imperdíveis são: Galeria Umberto I,  construída em 1887 e reconstruída após a Segunda Guerra Mundial. O edifício lembra um pouco a Galeria Vittório Emanuele de Milão, mas em tamanho e imponência menores. Na frente está o luxuoso Teatro San Carlo, maior sala de ópera da Itália, construída em 1737.

Castel Dell’Ovoé o mais antigo castelo da cidade, depois do Castel Capuano, tendo desempenhado até o início do século XVI, as funções de palácio real dos soberanos de Nápoles. Seu nome deriva de uma antiga lenda, segundo a qual o poeta latino Virgílio, que na Idade Média também era considerado um mago, escondeu no edifício um ovo mágico que manteria em pé toda a fortaleza. A sua quebra provocaria não só o colapso do castelo, mas também uma série de ruinas catástrofes na cidade de Nápoles.

Castelo de Sant’Elmo

Pra chegar no castelo, o melhor caminho é pelo funicular, na rua da galeria Umberto I.

Castelo Sant’Elmo – Um pouco mais afastado da região central, localizado sobre uma colina a cerca de 250 metros acima do nível do mar. Assim como o Castelo Dell’Ovo, este também possui as suas peculiaridades: é considerado o único do mundo construído no formato de uma estrela de seis pontas – obviamente, não dá para perceber isso enquanto caminha pelo castelo, apenas quando ele é visto de cima.

Por sua posição estratégica, o local foi bastante disputado desde sua construção, realizada por volta de 1340. O terraço também é o ponto de destaque da fortificação e oferece uma vista privilegiada para toda a cidade.

Castel Nuovo e Piazza Município – Esse castelo foi construído em 1279, também é conhecido como Maschio Angioino e foi moradia da monarquia quando a capital do reino de Nápoles saiu de Palermo para Nápoles. O castelo fica atrás da Piazza Del Plebiscito na Piazza del Municipio, que hoje abriga uma coleção de estátuas de lobos.

Napoles tem uma orla lindíssima, mas não se pode chamar de praia, porque não tem areia, mas rochas. No entanto, as pessoas tomam banho de mar mesmo assim e usam barcos, pra se afastar da borda e poder mergulhar, além de fazer passeios para pequenas ilhas e vilas, que além de famosas, são bonitas de tirar o fôlego.

Sugestão de roteiro: 

  • Ilha de Ischia;
  • Ilha de Capri;
  • Pompéia, cidade soterrada pelo vulcão Vesúvio;
  • Costa Amalfitana: Positano, Ravello, Amalfi e outros vilarejos menores.

Como chegar na Costa Amalfitana: a melhor opção é de carro, mas se você estiver a pé, vai precisar pegar a Linha Circumvesuviana que sai da estação Napoli Centrale leva direto a estação Pompeii Scavi Villa Misteri. Nesse link você vê os horários até Sorrento e na frente da estação pega o ônibus que faz toda a Costa Amalfitana, parando em diversas praias. Vale pegar o ticket de ida e volta. Você precisa sair bem cedo se quiser passar apenas 1 dia andando pelas cidades.

Bom, deu pra ver que em Napoles, não falta o que fazer. É só pegar o mapa turístico e escolher o que fazer.

Planeje sua viagem!

Viaje tranquilo para Napoles!

icon-saude

SEGURO DE VIAGEM
Faça o seguro saúde com a Seguro viagem online

icon-carro

ALUGUEL DE CARRO
Veja os melhores preços para alugar um carro na Rental cars

icon-hotel

HOTEL
Reserve o seu hotel no Booking com cancelamento gratuito.

🟥 INGRESSOS

Compre seus Ingressos para atrações, excursões e passeios na Europa com a Get Your Guide

Texto: Lila Amaral.

Um comentário em “Nápoles – dica de viagem – Itália”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.